O termo I CHING significa “O livro das mutações”, e se acredita que descreve o presente de quem o consulta, e prevê seu futuro. Você sabe como isso poderia lhe ajudar?

O I CHING é um livro do oráculo chinês. Se acredita que foi escrito no ano de 1.200 AC (antes de Cristo), então, imagine sua antiguidade e sua importância, dado que permaneceu em vigência faz tantos anos. É um dos livros mais antigos que se conserva no mundo! 

Ads

A lenda conta que um imperador chinês, contemplando os astros e querendo compreender os desejos dos deuses, criou oito símbolos que ajudariam ele a conhecer o sentido da vida, e nosso caminho nela.

Cada um desses oito símbolos se denomina trigrama e se os combinamos entre eles, temos como resultado 64 hexagramas que darão a resposta para nossas perguntas. Aqui vamos te explicar!

Ads


Para que serve o I CHING?

O livro das mutações, o I Ching, pode ser usado como um oráculo. Mas não dá uma resposta absoluta, isto é, você não pode consultá-lo para que lhe responda por "sim" ou por "não". Por exemplo: vou conseguir o emprego que quero? Eu vou ter filhos? Essas são perguntas incorretamente enunciadas, pois só seriam respondidas com um sim ou um não.

Ads

A resposta deve ser interpretada, por isso a pergunta deve ser feita de maneira aberta e ampla. Por isso que o I CHING é considerado uma espécie de oráculo matemático, que responde por meio de ideias gerais que te orientam no caminho a seguir. Podemos perguntar: como deveria ser meu relacionamento amoroso neste momento? E certamente vamos encontrar uma resposta.

Como faço uma consulta ao I CHING?

Para consultar se utilizam três moedas especiais: cada uma tem duas caras diferentes. Há muitas maneiras de consultar o I Ching, mas as três moedas são o método mais conhecido. A pergunta é feita e, para isso, aquele que consulta deve ter uma atitude especial de muita concentração e acreditar no método. 

Ads


São lançadas seis vezes no ar. Cada cara da moeda tem um valor que pode ser dois (yang) ou três (yin). Cada jogada nos dará o resultado ao somar o valor de cada moeda, um número entre o seis e o nove. Ex: 2 + 2 + 2 = 6 ou 3 + 2 + 3 = 8, etc. Cada número corresponde a um tipo diferente de linha e começaremos a desenhá-los de baixo para cima. Ao ter as seis linhas desenhadas, formaremos um desenho chamado hexagrama e teremos um significado e um nome.

 

Uma vez que sabemos qual é o hexagrama que dará a resposta à nossa pergunta, o procuramos entre os sessenta e quatro que aparecem no livro. Todos eles têm um nome e interpretaremos a resposta. Por exemplo: A foto anterior representa o hexagrama quarenta e oito, chamado "O poço da água" e uma das respostas que dá, é o seguinte:

"O poço penetra no fundo e a água sobe.

O poço nutre e não se esgota.

Descender primeiro para elevar depois

é a exigência do poço."

Você acha simples? Não é, é um jogo que durou milhares de anos e muitos acreditam que o livro no qual se baseia, onde procuramos as respostas, é ao mesmo tempo um tratado sobre filosofia, oráculo e sabedoria milenar.